domingo, 2 de dezembro de 2007

2012 ANO DA GRANDE MUDANÇA PLANETÁRIA


Vivemos no momento histórico em que se aproxima a integral instalação da Nova Era, tempo em que efetivamente haverá mudança radical na Terra, não somente climática ou geográfica, como tanto propalado; mas, principalmente, transformações de valores e visões espirituais.

Como já desenvolvi em outros textos, a Nova Era está sendo implantada, mais acentuadamente a partir de 2004 e, a cada ano, com mais intensidade até o derradeiro ano de 2012, conforme tem sido informado por recentes mensagens canalizadas, coincidindo estas com previsões de antigos povos e com constatações científicas.

O autor inglês, David Icke explicita que: Nós estamos agora no meio de talvez o maior desses ciclos, um que acontece, segundo estimativas, só uma vez a cada 26.000 anos, e o calendário Maya prevê que o ponto crítico de mudança é 12 de dezembro de 2012. Esse é o real ponto focal da transformação, não o manufaturado Milênio.

Estes ciclos de consciência são como entradas ou portais que se abrem para aqueles que estão pronto para passar para um estado muito mais alto de consciência. (...) Mas o que nós estamos encarando agora, ao que parece, não é um portal, mas sim um vasto abismo de oportunidades para uma transformação global que desafiará todas as crenças atuais.

Textos de escolas religiosas e de mistério têm previsto isto abertamente ou simbolicamente por milhares de anos. Agora a evidência física, espiritual e, crescentemente, científica pode confirmar que a denominada "Grande Mudança das Eras" está sobre nós.

IMPORTANTE:
Para ler mais sobre este e outros temas importantíssimos sobre a Grande Transição Terrestre já iniciada, leia em nosso próximo número de RETA FINAL (4) - Faça sua assinatura gratuita pelo nosso e-mail: r.d.retafinal@gmail.com


Um comentário:

Lena disse...

Oi, meu nome é Lena, e normalmente sou cética sobre alguns assuntos, mas sobre 2012, o meu "eu" diz que alguma coisa poderá acontecer..... e que a Humanidade deverá excolher entre a sua manutenção como civilização, exercendo o BEM, ou a total destruição optando pelo mal...veremos.....